José Boris Spivacow: trajetória

Autores

  • Caio Henrique Vicente Romero Graduado em História pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da Universidade de São Paulo (USP). Este artigo originou-se de minha pesquisa de Iniciação Científica, intitulada “José Boris Spivacow e sua política editorial à frente da EUDEBA e do CEAL (1958-1994)” e financiada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) por meio da concessão de uma bolsa PIBIC. Durante a pesquisa, fui orientado pela professora Gabriela Pellegrino Soares, do Departamento de História (DH) da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da Universidade de São Paulo (USP). E-mail do autor: caiohvr@gmail.com.

DOI:

https://doi.org/10.46752/anphlac.12.2012.1334

Resumo

Este artigo apresenta uma análise da trajetória profissional de José Boris Spivacow, editor argentino do século XX. Explora as relações entre suas concepções editoriais e a dinâmica dos trabalhos que conduziu, sem deixar de lado a importância das equipes que o acompanharam ao longo dos anos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Caio Henrique Vicente Romero, Graduado em História pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da Universidade de São Paulo (USP). Este artigo originou-se de minha pesquisa de Iniciação Científica, intitulada “José Boris Spivacow e sua política editorial à frente da EUDEBA e do CEAL (1958-1994)” e financiada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) por meio da concessão de uma bolsa PIBIC. Durante a pesquisa, fui orientado pela professora Gabriela Pellegrino Soares, do Departamento de História (DH) da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da Universidade de São Paulo (USP). E-mail do autor: caiohvr@gmail.com.

Graduado em História pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da Universidade de São Paulo (USP). Este artigo originou-se de minha pesquisa de Iniciação Científica, intitulada “José Boris Spivacow e sua política editorial à frente da EUDEBA e do CEAL (1958-1994)” e financiada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) por meio da concessão de uma bolsa PIBIC. Durante a pesquisa, fui orientado pela professora Gabriela Pellegrino Soares, do Departamento de História (DH) da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da Universidade de São Paulo (USP). E-mail do autor: caiohvr@gmail.com. 

Downloads

Publicado

2012-12-04

Como Citar

Vicente Romero, C. H. (2012). José Boris Spivacow: trajetória. Revista Eletrônica Da ANPHLAC, (12), 143-175. https://doi.org/10.46752/anphlac.12.2012.1334