“El fuego de la libertad”: a conspiração sufocada de negros livres, cativos fugidos da América portuguesa e indígenas em Santa Cruz de La Sierra (1809)

Autores

  • Bruno Pinheiro Rodrigues Centro Universitário de Várzea-Grande (UNIVAG)

DOI:

https://doi.org/10.46752/anphlac.20.2016.2473

Resumo

O artigo que se segue tem como proposta analisar a conspiração sufocada de negros livres, cativos fugidos da América portuguesa e indígenas em Santa Cruz de la Sierra em 1809. Para tanto, realizaremos uma reflexão sobre os principais registros do evento, a fim de elucidarmos as possíveis conexões com os incipientes movimentos de independência, bem como as complexas alianças tecidas para manutenção da liberdade. O planejamento e participação de cativos fugidos na conspiração de 1809 revela, além da compreensão de acontecimentos políticos de ordem global, que a fuga da América portuguesa não era suficiente para manutenção da liberdade, que só poderia ser conseguida à custa de diversificadas alianças e estratégias. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruno Pinheiro Rodrigues, Centro Universitário de Várzea-Grande (UNIVAG)

Bruno Pinheiro Rodrigues é doutor em história social pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), com período de estágio doutoral em Lisboa, vinculado à Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (2014). Atualmente exerce o cargo Professor de Teoria Geral do Estado e Ciências Políticas na Faculdade de Direito do Centro Universitário de Várzea-Grande (UNIVAG). Possui experiência nas áreas de História da África, América e Teoria da História

Referências

Fonte Primária

Doc. 1 - ABNB, EC1809-8, “Sobre los sucesos de Santa Cruz”, 1809.

Fontes publicadas

JUSTINIANO, Adrian. Uma Conjuracion de mulatos. In: El Correo del Plata, Ano I, N.2015, 15 de agosto de 1899.

VIEDMA, Francisco de. Descripcion Geografica y estadística de la Provincia de Santa Cruz de la Sierra. 1ª ed. Buenos Aires: Imprenta del Estado, 1836.

Livros, artigos, teses e textos disponíveis em sítios eletrônicos

ANDREWS, George Reid. América Afro-Latina, 1800-2000. Tradução de Magna Lopes. São Carlos: EdUFSCAR, 2007.

CORDOVA-BELLO, Eleazar. La independência de Haiti y su influencia en Hispanoamérica. Caracas: Instituto Panamericano de Geografia e Historia, 1967.

CUÉLLAR CHÁVEZ, Bismark. La rebelión de los negros y mulatos em Santa Cruz de La Sierra, 15 de agosto de 1809. Santa Cruz: Bismark A. História, turismo & cultura, 2009.

GUARDIA, Nino Gandarilla. Desenredando La Independencia de Santa Cruz y SUS Provincias (1809-1831). Santa Cruz de La Sierra: Centro de Estudis Nacionales, 2008.

JAMES, Cyril Lionel Robert. The Black jacobins: Toussaint L’Ouverture and the San Domingo Revolution. New York: the Dial Press, 1938.

JUST LLEO, Estanislao. La revolución del 25 de mayo de 1809 en Chiquisaca. Sucre: Universidad San Francisco Xavier, junio-julio de 2007.

MALAMUD, Carlos. Historia de America. Madrid: Alianza Editorial, 2005, pp. 155-156.

MOTT, Luis R. B. “A revolução dos negros do Haiti e o Brasil”, in Questões & Debates, ano 3, n.4 (junho de 1982), pp. 55-63.

MORENO, Alcides Parejas. Los movimientos independentistas en la gobernación de Santa Cruz de la Sierra. In: SANTA CRUZ e sus 200 años de Independencia: historia, procesos y desafios. Santa Cruz de la Sierra: Jatupeando; Investigacruz, 2012.

PEÑA HASBÚN, Paula. La guerra de Independencia en Santa Cruz, 2014.

ROCA, José Luis. 1809. La Revolución de la Audiencia de Charcas en Chuquisaca y en La Paz. La Paz: Ed. Plural, 1998.

RODAS, Alberto Crespo. Esclavos negros em Bolivia. La Paz: Academia Nacional de Ciencias de Bolivia, 1977.

RODRIGUES, Bruno Pinheiro. “Homens de Ferro, Mulheres de Pedra”: resistências e readaptações identitárias de africanos escravizados. Do hinterland de Benguela aos vales dos rios Paraguai-Guaporé e América espanhola – fugas, quilombos e conspirações urbanas (1720-1809). Universidade Federal de Mato Grosso – Programa de Pós-Graduação em História, 2015 (tese de doutorado).

SOUX, Maria Luisa. El tema de la soberanía en el discurso de los movimientos juntistas de La Plata y La Paz en 1809. In: Revista Número 22-23, Agosto de 2009 (Universidad Católica Boliviana). Disponível em <http://www.revistasbolivianas.org.bo/pdf/rcc/n22-23/v10n23a01.pdf >. Acessado no dia 5 de janeiro de 2015.

VÁZQUEZ MACHICADO, Humberto. La efervescência Libertaria en el Alto Perú de 1809 y la Insurrección de Esclavos en Santa Cruz de La Sierra [1988]. Disponível em <http://www.soysantacruz.com.bo/Generales/GenWeb-HistoriaHnosVM/Htm/H-06.htm >. Acessado no dia 24 dez. 2014.

Downloads

Publicado

2016-06-27

Como Citar

Rodrigues, B. P. (2016). “El fuego de la libertad”: a conspiração sufocada de negros livres, cativos fugidos da América portuguesa e indígenas em Santa Cruz de La Sierra (1809). Revista Eletrônica Da ANPHLAC, (20), 197-221. https://doi.org/10.46752/anphlac.20.2016.2473