Jogando com Piratas e Ditadores: As representações sobre o Caribe nos videogames

Autores

  • Robson Scarassati Bello Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.46752/anphlac.21.2016.2496

Resumo

Este artigo pretende trazer à luz de que forma o Caribe vêm sendo representado e simulado nos jogos eletrônicos (video games) nas últimas décadas. Os jogos eletrônicos são hoje uma das mídias mais bem sucedidas comercialmente e têm exercido forte influência cultural na construção de um imaginário sobre a história juntos com outros produtos da Indústria Cultural, e ainda não foram bem avaliados pelos historiadores, havendo poucas pesquisas que trabalham com estas fontes. Elaboraremos sobre os conceitos de representação, simulação e interatividade e apresentaremos alguns jogos, como Call of Duty: Black Ops, Sid Meyer’s Pirates! e Assassin’s Creed IV: Black Flag na intenção de explicitar quais são os mecanismos de construção da visão de mundo que articulam narrativa e jogabilidade que perpassam por essas produções.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Robson Scarassati Bello, Universidade de São Paulo

Mestrando em História Social pelo Programa de Pós-Graduação em História Social da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo(USP). Título da pesquisa: O Videogame como Representação Histórica: Narratividade e jogabilidade na série Assassin’s Creed (2007-2015).

Referências

BIBLIOGRAFIA

CARSON, D. “Enviromental Storytelling: Creating Immersive 3D Worlds using Lessons learned from the Theme Park Industry”. In: Gamasutra.com.

Disponível em:

http://www.gamasutra.com/features/2000301/carson_pfv.htm Acessado em: 21/04/2013

CHARTIER, R. A História Cultural. Entre Práticas e Representações. Lisboa, DIFEL: 1990.

FRASCA, G. Play the Message: Play, Game and Videogame Rethoric. 2007. 213 f. Tese (Doutorado em Filosofia). IT University of Copenhagen, Copenhagen. 2007

GRAU, O. Arte Virtual da ilusão à imersão. São Paulo: Editora UNESP: Editora SENAC São Paulo, 2007.

JENKINS, H. Game Design as Narrative Architecture. In N. Wardrip-Fruin & P. Harrigan (org.). First Person: New Media as Story, Performace and Game. Cambridge, MA; London, England.: MIT, 2002.

KAPPELL, M. W., ELLIOT, A. B. R. (orgs). Playing with the Past. Digital Games and the Simulation of History. New York: Bloomsbury, 2013. P. 2

KELLNER, D. A Cultura da Mídia. Bauru: Edusc, 2001.

MILLER, M. Assassin’s Creed – The Complete Visual History. Insight Editions, San Rafael, California: 2015

MORETTIN, E.. O cinema como fonte histórica na obra de Marc Ferro. In: CAPELATO, Maria Helena R. et. al. (Orgs.) História e Cinema. São Paulo, Alameda, 2007.

MURRAY, Janet H. Hamlet no Holodeck: O futuro da narrativa no ciberespaço. São Paulo: Unesp, 2003

NAPOLITANO, M. A História depois do Papel. In: Fontes Históricas. Carla Bassanezi Pinsky (org.) 2ª ed. São Paulo: Contexto, 2008. p. 238

SALVATI, A. J. e BULLINGER, J. M. Selective Authenticity and the Playable Past. In: KAPPELL, Mathew Wilhelm, ELLIOT, Andrew B.R. (orgs). Playing with the Past. Digital Games and the Simulation of History. New York: Bloomsbury, 2013.

SQUIRE, K. Games, Learning and Society: Building a Field. In: Education Technology. September-October, 2007.

SITES DA INTERNET

CUBADEBATE. Nueva Operacion contra Cuba. EEUU lanza videojuego cuyo objetivo es asesinar a Fidel. Disponível em:

http://www.cubadebate.cu/noticias/2010/11/09/nueva-operacion-contra-cuba-eeuu-lanza-videojuego-cuyo-objetivo-es-asesinar-a-fidel/ Acessado em: 05/01/2016

FRITZ, BEN. “Firaxis responds to my Colonization Post” In: The Cut Scene – Video Games Blog on Variety.com. 2008

Disponível em:

http://web.archive.org/web/20100930155207/http://weblogs.variety.com/the_cut_scene/2008/06/firaxis-respond.html. Acessado em 05/01/2016

Tropico 5 banned in Thailand, as it 'might affect peace and order'. In: Gamasutra.com

Disponível em:

http://www.gamasutra.com/view/news/222522/Tropico_5_banned_in_Thailand_as_it_might_affect_peace_and_order.php Acessado em: Acessado em: 05/01/2016

NARCISE, E. “A game that showed me my black history” In: Kotaku.com. Disponível em: http://kotaku.com/a-game-that-showed-me-my-own-black-history-1486643518 Acessado em 20/11/2015

JOGOS CITADOS

Call of Duty: Black Ops (Activision, 2010)

Chameleon (Silver Wish Games, 2005)

Guevara (SNK, 1987)

Just Cause (Eidos, 2006)

Tom Clancy’s Ghost Recon (Red Storm, 2001)

The Secret of Monkey Island (Lucasfilm Games, 1990)

Tropico (PopTop Software, 2001)

Tropico 2: Pirate Cove (Frog City Software, 2003)

Tropico 3 (Haemimont Games, 2009)

Tropico 4 (Haemimont Games, 2011)

Tropico 5 (Haemimont Games, 2014)

Sid Meyer’s Pirates (Micropose, 1987)

Super Street Fighter II (Capcom, 1993)

Downloads

Publicado

2016-06-27

Como Citar

Bello, R. S. (2016). Jogando com Piratas e Ditadores: As representações sobre o Caribe nos videogames. Revista Eletrônica Da ANPHLAC, (21), 176-208. https://doi.org/10.46752/anphlac.21.2016.2496