As relações entre Estados Unidos e América Latina (1889-1930): da Primeira Conferência Pan-Americana ao anti-imperialismo latino-americano

Autores

  • Rafael Pinheiro de Araujo Instituto Federa de Sergipe (IFS)
  • Rafael Affonso de Miranda Alonso Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ)

DOI:

https://doi.org/10.46752/anphlac.025.2018.3060

Resumo

A história política da América Latina ao longo do século XX foi marcada de muitas maneiras pelo imperialismo e pelas respostas anti-imperialistas construídas na região em torno da primeira questão. Estas influenciaram, sobretudo, intelectuais, movimentos sociais e partidos políticos de esquerda, fossem estes radicais reformistas ou comunistas revolucionários. Suas palavras e ações políticas voltavam-se notadamente contra os Estados Unidos, que ainda na década de 1890 redimensionaram sua política externa para a região ao adotarem uma postura favorável à penetração do seu capital nas economias latino-americanas. Evidentemente, a postura estadunidense gerou resistências, que passaram a se avolumar nas três primeiras décadas do século XX. Abordaremos neste artigo a difusão do anti-imperialismo na América Latina nas primeiras décadas do século XX a partir de algumas de suas manifestações e os elementos históricos das relações internacionais entre Estados Unidos e América Latina que fizeram dos norte-americanos os alvos preferenciais da retórica anti-imperialista na região.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafael Pinheiro de Araujo, Instituto Federa de Sergipe (IFS)

Professor do Instituto Federal de Sergipe (IFS). Doutor em História pelo PPGHC/UFRJ (2013). Tem experiência na área de História da América nos séculos XX e XXI e História Contemporânea, com ênfase em História do Tempo Presente, História Política, História da Venezuela nos séculos XX e XXI e História das Relações Internacionais. Participa como historiador convidado do projeto "1914-1918-online. International Encyclopedia of the First World War" organizado pela Freie Universität e pelo Friedrich-Meinecke-Institut. Pesquisador associado ao Grupo de Estudos do Tempo Presente (GET) da UFS. É membro do comitê científico da Revista Expressão Científica (REC) do IFS.

Rafael Affonso de Miranda Alonso, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ)

Professor Adjunto IV de História da América na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). Doutor em História Política pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) (2009). Possui mestrado em Ciência Política (Ciência Política e Sociologia) pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (IUPERJ) (2002). Foi graduado e licenciado em História pela UERJ (1998). Atualmente é Professor Adjunto de História da América da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Líder do Grupo de Pesquisa do CNPq - Estudos Históricos Latino-Americanos e Coordenador e Pesquisador do Núcleo de Estudos de História Política da América Latina (NEHPAL) do IM-UFRRJ. Foi Pesquisador Associado ao Laboratório de Políticas Públicas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (LPP/UERJ). Atuou como Coordenador e Professor do Curso de pós-graduação lato sensu em Políticas Públicas desenvolvido pelo Instituto de Matemática (IME) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) para Furnas Centrais Elétricas. Tem experiência na área de História, com ênfase em História da América (Séculos XIX, XX e Tempo Presente) e História Contemporânea. Os principais campos da história relacionados ao trabalho do professor são: História Política da América Latina, História das Ideias Políticas (Nacionalismo na América Latina, em especial) e História dos Intelectuais. Também já desenvolveu trabalhos nas áreas de Políticas Públicas, História do Brasil (Império e República), História do Rio de Janeiro, História Regional.

Referências

ÁLVAREZ, Alejandro Garcia. Cuba. IN: MALAMUD, Carlos (coord). Ruptura y reconciliación - España y el reconocimiento de las independencias latinoamericanas. Madri, Fundación Mapfre, 2012. P. 73-105.

BOSCH, Aurora. História de Estados Unidos, 1776-1945. Barcelona, Editora Crítica, 2011.

CASANOVA, Pablo Gonzáles. História Contemporânea da América Latina. São Paulo, Editora Vértice, 1987.

COMPAGNON, Oliver. O adeus à Europa – a América Latina e a Grande Guerra. Rio de Janeiro, Rocco, 2014.

DERAS, Roberto. Una mirada al antiimperialismo latinoamericano desde la invasión norteamericana en Nicarágua y la fundación de la Liga Anti-Imperialista de San Salvador (1926-1927). Revista Realidad, nº 136, p. 281-323, 2013. Disponível em: http://www.uca.edu.sv/upload_w/8/archivo/1391120489-52ead069152c4.pdf Acesso: Abril/2018.

DICIONÁRIO DE POLÍTICA. Norberto Bobbio, Nicola Matteucci e Gianfrancesco Paquino. Brasília, Editora da UnB, 2007 (vol.I).

JENKINS, Philip. Breve Historia de Estados Unidos. Madrid, Alianza Editorial, 2009.

KIERNAN, V. G. Estados Unidos: o novo imperialismo. Da Colonização Branca a Hegemonia Mundial. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 2009.

LENS, Sidney. A Fabricação do Império Americano – da Revolução ao Vietnã: uma história do imperialismo dos Estados Unidos. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 2006.

LEWIS, Colin M. Economías de Exportación. IN: MORA, Enrique Ayaa e CARBÓ, Edurdo Posada. História General de América Latina (Volume VII). Paris/Madri. Ediciones Unesco e Editorial Trotta, 2001. P. 79-109.

MARIÁTEGUI, José Carlos. Por um socialismo indo-americano: ensaios escolhidos. Org. Michael Lowy. Rio de Janeiro, Editora da UFRJ, 2005.

MARTÍ, José. Política de Nuestra América. Buenos Aires, Siglo XXI Eds, 2005.

MILLER, Nicola. Las potencias mundiales y América Latina desde 1930. IN: PALACIOS, Marco y WEINBERG, Gregorio. História General de América Latina (Volume VIII). Paris/Madri. Ediciones Unesco e Editorial Trotta, 2001. P. 293-318.

PELLEGRINO, Gabriela. Diálogos culturais latino-americanos na primeira metade do século XX. Projeto História, Revista do Programa de Estudos Pós Graduados de História, São Paulo, Vol. 32, p. 241-256, 2006. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/revph/article/view/2426/1516. Acesso em: 18 set. 2016.

PRADO, Maria Ligia e PELLEGRINO, Gabriela. História da América Latina. São Paulo, Editora Contexto, 2014.

REGALADO, Roberto. América Latina entre Siglos. Dominación, Crisis, Lucha Social y Alternativas Políticas de la Izquierda. Melbourne; Nueva York; La Habana, Ocean Press, 2006.

RETAMAR, Roberto Fernández. Caliban Quinientos Años más Tarde. Nuevo Texto Crítico, n.11, 1993.

_________(2005), Prólogo. In, MARTÍ, José. Política de Nuestra América. Buenos Aires, Siglo XXI Eds, 2005.

ROCA, Adolfo Meisel. Mercados Internos, Industrialización y Finanzas. IN: MORA, Enrique Ayaa e CARBÓ, Edurdo Posada. História General de América Latina (Volume VII). Paris/Madri. Ediciones Unesco e Editorial Trotta, 2001. P. 111-129.

ROCK, David. Argentina, de la primera guerra mundial a la revolución de 1930. IN: História de la Argentina. Madri, Editora Crítica, 2001. P. 137-166.

SADER, Emir. Esquerda. IN: SADER, Emir e JINKINGS, Ivana. Enciclopédia Contemporânea da América Latina e do Caribe. Editorial Boitempo, 2006. P. 501-509.

SANTOS, Luis Claudio Villfañe. Las Relaciones Interamericanas. IN: MORA, Enrique Ayaa e CARBÓ, Edurdo Posada. História General de América Latina (Volume VII). Paris/Madri. Ediciones Unesco e Editorial Trotta, 2001. P. 311-329

SELLERS, C.; MAY, H; McMILLEN, N. (1990), Uma Reavaliação da História dos Estados Unidos. Rio de Janeiro, Lorge Zahar Ed.

SMITH, Robert.América Latina, Los Estados Unidos y las potencias europeas, 1830-1930. IN: BETHELL, Leslie (org). História de América Latina - Economía y Sociedad. Barcelona, Editorial Crítica, 1991.

TOPIK, Steven. Comércio e Canhoneiras. Brasil e Estados Unidos na Era dos Impérios (1889-1897). São Paulo, Companhia das Letras, 2009.

VALIM, Alexandre Busko. O Triunfo da Persuasão. São Paulo, Editora Alameda, 2017.

VARA, Ana Maria. Sangre que se nos va. Naturaleza, literatura y protesta social en América Latina. Sevilla, CSIC, 2013.

Fontes

Revista Amauta. Disponível em: http://archivo.mariategui.org/index.php/revista-amauta Acesso. 01. Fev de 2018.

Downloads

Publicado

2019-01-26

Como Citar

Araujo, R. P. de, & Alonso, R. A. de M. (2019). As relações entre Estados Unidos e América Latina (1889-1930): da Primeira Conferência Pan-Americana ao anti-imperialismo latino-americano. Revista Eletrônica Da ANPHLAC, (025), 135-160. https://doi.org/10.46752/anphlac.025.2018.3060