Esperança e caridade: a proposta evangelizadora de Vasco de Quiroga para os indios da Nova Espanha

Autores

  • Geraldo Witeze IFG-Campus Formosa

DOI:

https://doi.org/10.46752/anphlac.26.2019.3348

Resumo

Este artigo apresenta a proposta evangelizadora de Vasco de Quiroga para os índios da Nova Espanha. Trata-se de uma análise a partir de suas obras que abordaram a questão, destacando o contexto de produção, tanto na Europa quanto na América, bem como as influências literárias em sua composição. Ademais, há uma breve discussão sobre o conceito de evangelização que sublinha a importância de compreendê-lo em termos históricos para alcançar um bom entendimento sobre as tentativas de cristianização dos índios no início do período colonial.

Palavas-chave: Evangelização; Nova Espanha; Colonização; Vasco de Quiroga.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AGUAYO SPENCER, R. Don Vasco de Quiroga: Taumaturgo de la organización social seguido de un apéndice documental. México: Ediciones Oasis, 1970. Contém os seguintes itens: Carta al Consejo de Indias; Información en derecho; Parecer del Maestro Rojas; Aclaraciones del Lic. Quiroga, sobre el parecer; Reglas y Ordenanzas para el gobierno de los Hospitales; Testamento.

BATAILLON, M. Erasmo y España: estudios sobre la historia espiritual del siglo XVI. 2. ed. México: Fondo de Cultura Económica, 1966.

BURRUS, E. J. Cristobal Carbrera on the Missionary Methods of Vasco de Quiroga. Manuscripta, 1 fev. 1961. v. 5, n. 1, p. 17–27. Disponível em: <http://www.brepolsonline.net/doi/abs/10.1484/J.MSS.3.196>. Acesso em: 15 set. 2015.

CALDAS AULETE, F. J.; VALENTE, A. L. Dos S. Dicionário online Caldas Aulete. Aulete Digital, [S.l.], [s.d.]. Disponível em: <http://www.aulete.com.br/>. Acesso em: 18 ago. 2015. Edição brasileira original: Hamílcar de Garcia.

CHANFÓN OLMOS, C. La catedral de San Salvador. El gran proyecto de Don Vasco de Quiroga. Anales del Instituto de Investigaciones Estéticas, 6 ago. 1986. v. 15, n. 57, p. 41–62. Disponível em: <http://www.analesiie.unam.mx/index.php/analesiie/article/view/1328>. Acesso em: 22 set. 2015.

CORCUERA DE MANCERA, S. El fraile, el indio y el pulque. Evangelización y embriaguez en la Nueva España (1523-1548). México: Fondo de Cultura Económica, 1991.

DUSSEL, E. Meditaciones anti-cartesianas: sobre el origen del anti-discurso filosófico de la Modernidad. Tabula Rasa, dez. 2008. n. 9, p. 153–198. Disponível em: <http://www.scielo.org.co/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1794-24892008000200010&lng=en&nrm=iso&tlng=es>. Acesso em: 19 out. 2015.

ENGELS, F.; MARX, K. A ideologia alemã. Tradução de Luciano Cavini Martorano; Nélio Schneider; Rubens Enderle. São Paulo: Boitempo, 2007.

ERASMO, D. A educação de um príncipe cristão. Para o Ilustríssimo Príncipe Carlos, neto do invencível Imperador Maximiliano. Conselhos aos governantes. Coleção clássicos da política. Brasília: Senado Federal, Secretaria Especial de Editoração e Publicação, 1998, p. 262–421.

______. A guerra e Queixa da paz. Lisboa: Edições 70, 1999. Introdução, tradução do latim e notas de António Guimarães Pinto.

______. Enquiridion: Manual del caballero cristiano. 2. ed. Madri: Biblioteca de Autores Cristianos, 2001. Introdução, tradução e notas de Pedro Rodriguez Santidrian.

______. Elogio da Loucura. Tradução de Elaine C. Sartorelli. São Paulo: Hedra, 2013.

FOXE, J. O livro dos mártires. Tradução de Almiro Pisetta. São Paulo: Mundo Cristão, 2006.

GIORDANO, C. Introdução. Imitação de Cristo. São Paulo: Hedra, 2008, p. 9–17.

GÓMEZ-HERRERO, F. Good Places and Non-places in Colonial Mexico: The Figure of Vasco de Quiroga (1470-1565). Lanham, MD: University Press of America, 2001. V. 16.

Greek Lexikon. Blue Letter Bible, [S.l.], [s.d.]. Disponível em: <https://www.blueletterbible.org/lang/lexicon/lexicon.cfm>. Acesso em: 13 set. 2015.

GRUZINSKI, S. A colonização do imaginário. Sociedades indígenas e ocidentalização no México espanhol - Séculos XVI e XVIII. Tradução de Beatriz Perrone-Moisés. São Paulo: Companhia das Letras, 2003.

HELLER, A. O homem do Renascimento. Lisboa: Presença, 1982. Tradução Conceição Jardim e Eduardo Nogueira.

______. O cotidiano e a história. São Paulo: Paz e Terra, 2008.

HUIZINGA, J. O outono da Idade Média. Tradução de Francis Petra Janssen. São Paulo: Cosac Naify, 2013.

KEMPIS, T. de. Imitação de Cristo. Tradução de Monsenhor Manuel Marinho. São Paulo: Hedra, 2008.

KOSELLECK, R. Futuro passado: contribuição à semântica dos tempos históricos. Tradução de Wilma Patrícia Maas; Carlos Almeida Pereira. Rio de Janeiro: Contraponto; Ed. PUC-Rio, 2006.

LUTERO, M. Ética Cristã. São Leopoldo: Editora Sinodal, 1999.

MARAVALL, J. A. Utopía y Contrautopía en el Quijote. Madri: Visor Libros, 2006.

MARTÍN ORTIZ, E. La coacción de infieles a la fe según Cristóbal de Cabrera: estudio y edición del ms. Vat. Lat. 5026. Sevilla: s.n., 1974.

PROST, A. Doze lições sobre a história. Belo Horizonte: Autêntica, 2008. Tradução Guilherme João de Freitas Teixeira.

QUIROGA, V. De. La utopía en América. Madri: Dastin, 2002. Edição, introdução e notas de Paz Serrano Gassent. Contiene la Carta al Consejo, la Información en derecho, las Reglas y Ordenanzas y el Testamento de Vasco de Quiroga.

RICARD, R. La conquista espiritual de México: Ensayo sobre el apostolado y los métodos misioneros de las órdenes mendicantes en la Nueva España de 1523-1524 a 1572. Tradução de Ángel María Garibay K. 2. ed. México: Fondo de Cultura Economica, 1986.

SAHLINS, M. Esperando Foucault, ainda. Tradução de Marcela Coelho De Souza; Eduardo Viveiros Castro. São Paulo: Cosac Naify, 2013.

SERRANO GASSENT, P. Vasco de Quiroga: utopía y derecho en la conquista de América. Madri: Fondo de Cultura Económica de España; Universidad Nacional de Educación a Distancia, 2001.

SILVA, D. A. Da. IV Encontro da ANPHLAC. In: TENSÕES ENTRE CASTELA E PORTUGAL A PROPÓSITO DOS DE SCOBRIMENTOS ATLÂNTICOS: UM ESTUDO DAS BULAS ALEXANDRINAS, 2000, Salvador. Anais eletrônicos... Salvador: ANPHLAC, 2000. V. 1, p. 1–14. Disponível em: <http://anphlac.fflch.usp.br/sites/anphlac.fflch.usp.br/files/dinair_silva.pdf>. Acesso em: 19 jun. 2014.

TODOROV, T. A conquista da América. A questão do outro. Tradução de Beatriz Perrone Moysés. 4. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2010.

TUCHMAN, B. W. Los papas renacentistas provocan la secesión protestante: 1470-1530. La marcha de la locura. La sinrazón desde Troya hasta Vietnam. México, D.F.: Fondo de Cultura Económica, 1989.

VERÁSTIQUE, B. Michoacán and Eden: Vasco de Quiroga and the evangelization of western Mexico. Austin, TX: University of Texas Press, 2000.

WARREN, F. B. The Construction of Santa Fe de México. The Americas, jun. 1964. v. 21, n. 1, p. 69–78. Disponível em: <http://www.jstor.org/stable/979706>. Acesso em: 18 nov. 2014.

______. Vasco de Quiroga and his pueblo-hospitals of Santa Fe. Washington, DC: Academy of American Franciscan History, 1963.

WITEZE JUNIOR, G. Como inspirado del espíritu santo: Vasco de Quiroga, primeiro intérprete americano da utopia. Estudos Históricos, dez. 2017. v. 30, n. 62, p. 535–554. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-21862017000300535&lng=pt&tlng=pt>. Acesso em: 4 mar. 2019.

ŽIŽEK, S. Žižek: O ateísmo é um legado pelo qual vale a pena lutar. Blog da Boitempo, [S.l.], 13 nov. 2015. Disponível em: <http://blogdaboitempo.com.br/2015/11/13/zizek-o-ateismo-e-um-legado-pelo-qual-vale-a-pena-lutar/>. Acesso em: 16 nov. 2015.

Downloads

Como Citar

Witeze, G. (2019). Esperança e caridade: a proposta evangelizadora de Vasco de Quiroga para os indios da Nova Espanha. Revista Eletrônica Da ANPHLAC, (26), 74-102. https://doi.org/10.46752/anphlac.26.2019.3348