Transferências e mediações culturais nas Américas: o papel da Nueva Revista de Buenos Aires (1881-1885)

Autores

  • Paula da Silva Ramos Faculdade de Ciências e Letras - UNESP - Campus de Assis.

DOI:

https://doi.org/10.46752/anphlac.21.2016.2478

Resumo

Este artigo está pautado na discussão dos cruzamentos culturais e políticos que incidiram sobre o meio intelectual argentino na década de 1880. Nesta proposta, entendemos a Nueva Revista de Buenos Aires (1881-1885) enquanto um campo de interlocução entre os intelectuais latino-americanos e Vicente Quesada e Ernesto Quesada, diretores e proprietários do mensário. Sustentamos também que ambos desempenharam a função de mediadores culturais, na medida em que atuaram para conformar, por meio de suportes materiais e de relações sociais, a circulação e apropriação de ideias no continente. Com base em tais pressupostos visamos caracterizar a rede de sociabilidade construída entre Vicente e Ernesto Quesada e os colaboradores da Nueva Revista de Buenos Aires a fim de identificar os pontos de intersecção das aspirações dos homens de letras dos diversos países do continente, com especial atenção às perspectivas de aproximação e à discussão acerca do lugar que deveria ser ocupado pela cultura latino-americana no cenário mundial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paula da Silva Ramos, Faculdade de Ciências e Letras - UNESP - Campus de Assis.

  • Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em História da Faculdade de Ciências e Letras da UNESP, Campus de Assis.
  • Bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2016-06-27

Como Citar

Ramos, P. da S. (2016). Transferências e mediações culturais nas Américas: o papel da Nueva Revista de Buenos Aires (1881-1885). Revista Eletrônica Da ANPHLAC, (21), 209-231. https://doi.org/10.46752/anphlac.21.2016.2478