Debates sobre modo de produção no período colonial: usos políticos do passado e as experiências de tempo

Autores

  • Cláudia Wasserman UFGRS

DOI:

https://doi.org/10.46752/anphlac.26.2019.3355

Resumo

O objetivo deste artigo é analisar as polêmicas historiográficas sobre o passado colonial latino-americano que se desenvolveram nos anos 1960/1970, procurando perceber os usos políticos do passado e as experiências de tempo que estavam subjacentes nos debates da época. O artigo discute os debates sobre modo(s) de produção no período colonial. Assim, trata-se de analisar o passado colonial pela ótica das discussões travadas pelos historiadores a respeito desse período na história latino-americana, especificamente sobre a questão do(s) modo(s) de produção.

Palavras-chaves: Debates, modo de produção, usos políticos

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CONTE, Daniela (2010). Nelson Werneck Sodré e as Interpretações do Brasil (1958- 1964): Análise de conceitos e contexto de um intelectual brasileiro. Porto Alegre: Dissertação de Mestrado, PPG História, UFRGS.

CUEVA, Agustin (1979). Teoria Social y procesos politicos en América Latina.México: Edicol.

CARDOSO, C. & BRIGNOLI, H. P (1984). História econômica da América Latina. Rio de Janeiro, Graal.

CARDOSO, Ciro Flamarion (1973). Sobre los modos de producción coloniales en América Latina In Modos de produção na América Latina. México: Siglo XXI ed. Cuadernos de Pasado y Presente, n. 40.

DOBB, Maurice (1946). Studies in the Development of Capitalism. London: George Routledge &Sons Ltd.

GARAVAGLIA, Juan Carlos (1973). Introducción In Modos de produção na América Latina. México: Siglo XXI ed. Cuadernos de Pasado y Presente, n. 40.

GUIMARÃES, Alberto Passos. Quatro Séculos de Latifúndio. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1968.

GUNDER FRANK, André (1965). Capitalismo y subdesarrollo en América Latina. Cidade do México: Centro de Estudios Miguel Enriquez (CEME).

HARTOG, François (2015). Regimes de Historicidade. Presentismo e experiências do tempo. São Paulo: Autêntica editorial.

HILTON, Rodney (1977). Introdução. In A Transição do Feudalismo para o capitalismo. Rio de Janeiro: Paz e Terra.

LACLAU, Ernesto (1973) Feudalismo y capitalismo en América Latina In Modos de produção na América Latina. México: Siglo XXI ed. Cuadernos de Pasado y Presente, n. 40.

NOVAIS, Fernando (1978). Estrutura e dinâmica do antigo sistema colonial : séculos XVI-XVIII. São Paulo: Brasiliense.

PRADO Jr. Caio (1966). A revolução brasileira. São Paulo: Brasiliense.

PRADO Jr. Caio (1999). História e desenvolvimento. A contribuição da historiografia para a teoria e prática do desenvolvimento brasileiro. São Paulo: Brasiliense.

PUIGGRÓS, Rodolfo (1969). De la colonia a la revolución. Buenos Aires: Carlos Peréz ed.

ROMANO, Ruggiero (1970) A propósito de ‘Capitalismo y subdesarrollo’ de André Gunder Frank, Revista Desarrollo Económico, Ano X: volume 38.

SANTIAGO, Théo Araújo (1975) América Colonial. Ensaios. Rio de Janeiro: Editora Pallas.

SEMPAT ASSADOURIAN, Carlos et all. (1973) Modos de produção na América Latina. México: Siglo XXI ed. Cuadernos de Pasado y Presente, n. 40.

SEMPAT ASSADOURIAN, Carlos (1973). Modos de producción, capitalismo y subdesarrollo In Modos de produção na América Latina. México: Siglo XXI ed. Cuadernos de Pasado y Presente, n. 40.

SEMO, Enrique (1973). Historia del capitalismo en México I. Los orígenes 1521-1763, México: Era Editores.

SODRÉ, Nelson Werneck (1967). História da burguesia brasileira. 2. ed. Rio de Janeiro: CivilizaçãoBrasileira.

SODRÉ, Nelson Werneck (1968). Formação Histórica do Brasil. São Paulo: Editora Brasiliense.

SODRÉ, Nelson Werneck (1978). Introdução à revolução brasileira. 4. ed. São Paulo: Livraria Editora Ciências Humanas Ltda, 1978.

STALIN, Joseph (1938). Sobre o materialismo dialético e o materialismo histórico In http://www.hist-socialismo.com/docs/MatDialecticoHistórico.pdf

SCHWARZ, Roberto (1995). Um seminário de Marx. In Jornal Folha de S. Paulo, Caderno “Mais!”, 08/10/1995.

Downloads

Como Citar

Wasserman, C. (2019). Debates sobre modo de produção no período colonial: usos políticos do passado e as experiências de tempo. Revista Eletrônica Da ANPHLAC, (26), 385-407. https://doi.org/10.46752/anphlac.26.2019.3355