A poética japonesa por Octavio Paz: apropriação literária e circulação cultural (segunda metade do século XX).

Autores

  • Douglas de Freitas Pereira Universidade de São Paulo - USP

DOI:

https://doi.org/10.46752/anphlac.28.2020.3861

Resumo

Resumo: Este artigo tem por intuito servir como uma introdução aos escritos de Octavio Paz sobre o Japão, partindo dos textos datados do período após a sua passagem pelo país nipônico em 1952. Assim, o artigo visa discutir a leitura e apropriação da literatura e da poesia japonesas por Octavio Paz. A partir da concepção de tradução do autor e do seu experimento poético, Renga, desenvolve-se a exposição em direção a mapear os estilos poéticos japoneses tanka e renga, assim como a relação de Paz com a cultura nipônica. Finalmente, o artigo aponta para o fato de o escritor mexicano agir como um intelectual mediador que atua na circulação cultural e literária entre Japão, América Latina e o Ocidente.

Palavras-chave: Octavio Paz, Renga, Tanka, Mediação Cultural.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-06-20

Como Citar

de Freitas Pereira, D. (2020). A poética japonesa por Octavio Paz: apropriação literária e circulação cultural (segunda metade do século XX) . Revista Eletrônica Da ANPHLAC, 20(28), 420-440. https://doi.org/10.46752/anphlac.28.2020.3861